Banner:

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

► Governo de Alair Corrêa IGNORA Concurso Público e fará 'Cadastro de Reserva' para 'CONTRATAÇÕES' na Educação.

Na POLÍTICA a HONESTIDADE sai de cena?
O prefeito eleito de Cabo Frio, Alair Corrêa, que tanto fala em "CHOQUE DE ORDEM" no seu governo, através da Secretaria de Educação, anunciou no último dia 16/01 a realização de um CADASTRO DE PROFESSORES para contratação. E a partir de hoje, segunda-feira, 21/01, teve início o CADASTRO  para TÉCNICOS (supervisores, orientadores e inspetores). A informação é de que ambos os cadastros prosseguirão nos próximos dias, sem que seja necessário a formação de filas. De nada adiantou, pois a DESORGANIZAÇÃO foi grande, precisando até que a POLÍCIA fosse chamada para verificar ou impedir possível tumulto formado pelo atendimento deficiente por parte dos funcionários disponíveis para o tal cadastro.

Alair Corrêa NÃO quer CONCURSO!
Prefere
"DIRIGIR" a CONTRATAÇÃO?
Bem, para um governo que tanto propaga a CORREÇÃO, a DIGNIDADE dos CIDADÃOS, a CLAREZA nos ATOS PÚBLICOS, além de tantas outras FALÁCIAS, eu não entendo por qual motivo não se faz CONCURSO PÚBLICO para preenchimento das vagas que poderão ser disponibilizadas para as pessoas trabalharem na área educacional em Cabo Frio. Fazer "CADASTRO DE RESERVA" de forma administrativa para a contratação de profissionais da área da EDUCAÇÃO ou qualquer outra área, no mínimo, causará desconfiança com as possíveis contratações futuras. Falar em isonomia neste sistema, é contar "historinha da carochinha"!

"Tô de olho no sinhô!"
No GOVERNO VAGABUNDO anterior, comandado pelo "dublê" de prefeito Marcos Mendes, a contratação foi algo ESCANDALOSO, um verdadeiro "caso de polícia", atendendo a INTERESSES de um "grupinho" de políticos que conseguiram DESTRUIR Cabo Frio. No atual GOVERNO VAGABUNDO de Alair Corrêa, a situação neste aspecto parece que tende a continuar como "dantes, no quartel de Abrantes". Tentar convencer que existirá credibilidade em contratações no governo de Alair Corrêa, um político que  já diminuiu o repasse de verbas para educação em mandato anterior, é o mesmo que acreditar "Saci Pererê". Como dizem os baianos: "FAÇA-ME UMA GARAPA!".


►►► CLIQUE AQUI  e veja o anúncio no site oficial da prefeitura de Cabo Frio sobre a contratação de profissionais da educação. 


EM TEMPO: tem blogueiro em Cabo Frio, apoiador do prefeito Alair Corrêa, que não ficou satisfeito com as minhas críticas ao governo que o veterano político iniciou e que já denominei de VAGABUNDO, com menos de 15 dias de atuação. Depois vou escrever um pouco sobre a atitude do blogueiro. Bem, não estou preocupado com a reação de quem quer que seja, mas tal atitude é passível de questionamento. Além disso, como devo chamar um governo cujo prefeito NÃO cumpriu DECISÃO JUDICIAL? Irresponsável?! Ok..., então é um GOVERNO IRRESPONSÁVEL e VAGABUNDO! (pronto, ficou melhor assim?!)


"INTERESSE É UM PONTO DE EXCLAMAÇÃO OU DE INTERROGAÇÃO NO FINAL DO SENTIMENTO." (Adriana Falcão; brasileira internauta)

10 comentários:

  1. Penso eu que os contratos são para as vagas que não podem ser preenchidas por concurso. Exemplo: eu sou efetiva,mas estou readaptada. Eu não posso perder minha vaga e ele é preenchida por um contratado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Sinéa,

      Vamos imaginar que a situação que você apresentou aconteça realmente. Pois bem: COMO SERÁ O CRITÉRIO PARA A CONTRATAÇÃO DO SEU SUBSTITUTO?

      O prefeito ou o(a) Secretário(a) de Educação vai olhar a capacitação do profissional ou qualquer outro interesse que não seja esse?

      Então, para evitar o INTERESSE POLÍTICO e a dúvida no modo que será a CONTRATAÇÃO, que se faça CONCURSO PÚBLICO, pois a substituição, na hipótese apresentada por você, NÃO será temporária.

      Grato pela participação!

      Osmar Filho.
      22/01/2013

      Excluir
  2. Caro Osmar Filho.

    Concordo com você que o critério de contratação é puramente político na maioria das vezes para não dizer todas, entretanto, como disse a Sra. Sinéa, enquanto a vaga for dela de direito ( ou seja, até que ela se aposente ou peça demissão ) POR LEI não pode ser feito concurso para essa vaga e tem que ser preenchida por alguém temporariamente ( seja com dobra de um concursado ou com um contratado ), independente de quanto tempo ela fique nesta fase de readaptação e é isso que acontece na educação ( e provavelmente em todos os outros setores ), vários concursados estão de licença, readaptados, trabalhando em escolas mas como dirigentes e diretores e as prefeituras ( não só de Cabo Frio mas de todo o Brasil ) aproveitam para substitui-las por contratados em troca de votos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Kanellas,

      Não trata-se de LEI apenas, e sim, INTERESSE POLÍTICO, de IMORALIDADE. E POLÍTICO não se preocupa com a LEI, exceto, quanto pode beneficiá-lo em seus interesses e ARMAÇÕES.

      Se for pautar EXCLUSIVAMENTE na LEI, não se pode governar fazendo propaganda de PREFEITO e SECRETÁRIO em eventos, mas fazem. E a LEI, para que serve neste caso então? PARA NADA!!!

      Você já respondeu o que vai acontecer com as CONTRATAÇÕES no final do seu comentário. Não vi NINGUÉM, exceto a Sinéa, falar sobre contratações para fazer o trabalho dos concursados que estão sendo readaptados. E nem irão falar nisso, porque se for feita uma fiscalização rigorosa, a MÁSCARA cairá rapidinho.

      NÃO acredito que as contratações sejam para suprir funcionários que estejam na situação da Sinéa. NÃO acredito mesmo. Pode, claro, acontecer em um ou outro caso apenas. A MAIORIA ABSOLUTA dos possíveis contratados serão INDICAÇÕES POLÍTICAS, utilizando-se o famigerado "QI" (Quem Indica) para realizar a POLITICAGEM que eles, POLÍTICOS VAGABUNDOS, gostam!

      E "SALVE À POLITICAGEM EM CABO FRIO E NO BRASIL!".

      Grato pelo comentário.

      Osmar Filho.
      22/01/2013

      Excluir
  3. Para você ter uma ideia de como é a coisa. Minha esposa é professora concursada da Prefeitura de Cabo Frio ( eu trabalho embarcado, nada tenho com Prefeitura e não apoio esse governo como não apoiava o outro ), ela tem vaga em uma escola mas está sublocada em outra ( mais próxima de casa ) mas a vaga da outra escola é dela de direito. Na escola em que ela da aula precisa-se de, no mínimo, 26 professores ( são 12 salas de aula e como tem turno de manhã e de tarde, 24. Com as aulas de educação física de manhã e de tarde, 26 ). Contanto com ela, apenas 3 professores são concursados, o resto são todos contratados pois os professores donos da vaga de direito estão nessas situações que citei anteriormente ( licença, diretoria de outras escolas, e etc... ) só não são 23 os professores contratados porque alguns dobram ( como a minha esposa ) mas já adiantaram com essa troca de governo será difícil arrumar dobra mesmo os professores concursados. Essa Lei é Federal, seu direito de concursado é protegido.
    .
    Fazendo justiça ao péssimo governo Marquinho Mendes, sempre que virava o ano quem decidia se o professor contratado ficaria ou não na escola eram os diretores da mesma, se os mesmos gostavam do trabalho do contratado este voltava e parece que os diretores serão ouvidos nesse ano também, ao menos já existe uma reunião marcada com os mesmos para decidir qual contratado vai para onde. Lembrando que em Cabo Frio os diretores são eleitos pelos pais dos alunos, não pode ser por indicação de Prefeito.
    .
    Não faço ideia de como funciona nos outros setores mas com os professores é assim. Para se abrir concurso precisa ter muitas vagas disponíveis porque os professores aposentaram ou pediram demissão ou construírem noivas escolas. Dificilmente se contrata professor ou médico para ficar em casa sem receber. Onde a gente tem que prestar muita atenção, onde vira cabine de emprego de fantasma é na Guarda-Municipal.
    .
    Abraços e parabéns pela isenção do blog, é melhor pegar pesado demais que dar mole para essa raça...

    ResponderExcluir
  4. E sim, concordo inteiramente quando você diz: A MAIORIA ABSOLUTA dos possíveis contratados serão INDICAÇÕES POLÍTICAS, utilizando-se o famigerado "QI" (Quem Indica) para realizar a POLITICAGEM que eles, POLÍTICOS VAGABUNDOS, gostam!
    .
    Mas, como disse, ao menos nesses casos de professores e médicos esses contratados vão para trabalhar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, Kanellas!

      Grato por todos os esclarecimentos.

      Só quero deixar claro que não sou contra os CONTRATADOS que querem efetivamente trabalhar, mas sim, por um sistema sem PRIVILÉGIO.

      Acredito que mesmo com a situação de concursados iguais ao caso da Sinéa, há possibilidade de realização de concurso para preencher muitas vagas disponíveis, evitando favorecimentos.

      Excelente a sua participação!

      Abraço e fico grato por suas considerações ao blog.

      Osmar Filho.
      22/01/2013

      Excluir
  5. Caro Osmar, vc está mais do que certo! O concurso de 2009 foi prorrogado por mais dois anos. O atual governo tem mais um ano para convocar os candidatos que estão aguardando convocação! Se estão contratando é porque há vagas! Ministério Público tem que ficar de olho!

    ResponderExcluir
  6. julio
    todos os aprovados do concurso de 2009 devem acionar o ministério público pra que esse sem moral que é o prefeito eleito de cabo frio desista desses contratos infames e comece as convocações.

    ResponderExcluir
  7. olha meu amigo blogueiro ,0 concurso anterior ao de 2009 no governo marquinho mendes ele chamou o minimo de pessoas aprovadas porque ele queria ser reeleito,veio o concurso atual ele chamou pouca gente e chegando no final do seu mandato ele prorrogou o concurso por mais um ano sabendo ele que seu candidato não iriam ganhar,e mais o número de vagas colocadas no concurso foi atingida,isso é uma verdadeira injustiça que fazem com o povo de cabo frio,porque ele não tem uma educação voltada e qualificada para brigar em concurso públicos muitos poucos passam ,vcs estão brigando para que entre pessoas de outras cidades e estados que vem usufruir dos nossos impostos.tá tudo errado nesse pais ,nos estados mais ainda em nosso municipio.já está na hora de pararmos de briguinhas pessoais e tentar ajudar quem realmente está precisando. é muito fácil falar que fulano ou sicrano está se favorecendo de barriga cheia ,quero ver se colocar na situação do contratado que tem também o direito de trabalhar e saciar a fome e a sede da sua família.para de brigar pelos quem vc nem conhece é um montão de mineiros e cariocas que vem e tomam conta dos nossos municipios ainda falam mau de nós ,dizendo que aqui só tem burro,e vcs concordam e não fazem nada pra mudar isso.Deus é único que sonda o coração humano ele sabe bem o que vcs estão fazendo e todos nós homiços vamos dar contas porque somos egoístas e hipócritas.um abraço marcos.

    ResponderExcluir